Seguidores

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

DA SÉRIE "ALGUMA COISA ACONTECE..." - 35


(texto Celso Sisto; ilustração Ernest Haeckel)

35. Um dia serei árvore! Cerejeira. Flor do Deserto. Sequóia. Drago. Figueira. Acácia-rubra. Jacarandá-de-minas... Tão digno abrir tantos braços, recolher tantas vidas, alimentar tantas bocas. Estar em pé e em movimento de alerta. Com a cabeleira esvoaçante, as folhas enfeitadas de gotículas, a pele maleável da cortiça vestindo o tronco... Uma valsa com o vento, e lá se vai a chuva. Uma visita do sol, e falaremos todos a língua do rouxinol. Ah, hoje me dei conta: junto com os livros, tenho brincado de ser casa-na-árvore inúmeras vezes. E é nela que sobem as minhas crianças, para saltarem para a fantasia. Eu as empurro todas, rumo ao primeiro voo. Esse que não tem mais volta...
21.09.2012

Nenhum comentário: