Seguidores

domingo, 21 de outubro de 2012

DA SÉRIE "ALGUMA COISA ACONTECE" - 45


(Texto Celso Sisto; Ilustração Virginia Sterrett)


45. Doce a música, falada por todas as embocaduras - clarividentes clarinetas, sagrados saxofones, tremeluzentes trompetes - e, empurrada por todas as línguas. Reluzindo, com o o ouro dos metais, a orquestra serviu banquetes, incendiou paixões, espalhou encantos. As canções, encharcadas de perfumes, fizeram o refluir dos mares, desafiaram as tempestades, deixaram avançar as belezas que ficaram escondidas no fundo da caixa de Pandora. Como é possível viver sem essa partitura invisível, que tange sonhos, olhares, miudezas e induz a caminhar na ponta dos pés? Dissipar os desertos! Tocar a linha do tempo! Pisar firme a terra filarmônica dos livros é segredo que só uma confraria de sopros pode contar! Voilá! O barco das musas já pode ancorar!

20.10.2012

Nenhum comentário: