Seguidores

sábado, 29 de dezembro de 2012

DA SÉRIE "ALGUMA COISA ACONTECE" - 67




Texto Celso Sisto; foto de domínio público


67. Tempo de nada. Tempo de tudo. Pendurar pássaros na árvore da vida é motivo de alegria. Escavar a própria sombra. Escalar a longa cabeleira do tempo. Só há história porque a vida me dotou de memória. E palavras. E bocas. E gritos. E canções. Hoje é dia para enrolar o fio da vida no corpo vivo do tempo. É hora de repartir as agulhas de bordar. Um novo ano vai começar!

29.12.2012




Nenhum comentário: