Seguidores

domingo, 20 de janeiro de 2013

DA SÉRIE "VESTIR OS VIVOS - XIII



(Texto de Celso Sisto para a série “Vestir os vivos”; cartoon coreano, artwork by Byetom) 


XIII. A luz do poste antes da hora. O vento fora de hora. A chuva agora. São os elementos naturais que me cabem. Agora, para usar traje completo, comerei terra com as mãos! A mim só será dada a honra de ser humano, quando tiver recebido em partes exatamente iguais, matéria e poesia. Sou fleumático, sou colérico, sou sanguíneo, sou bilioso. Também posso ser líquido, um pouco plasma, às vezes sólido, às vezes gasoso. Gosto de verso e reverso. Estrofes, odes, cantos e redondilhas; sonetos, sextinas, anapestos e elegias. Estou pagando pra ver! É domingo! Numa das mãos a enciclopédia, na outra a alquimia! O que que eu posso fazer?! Ser poeta é minha sina?! Vou ver Cristina! E tomar cajuína!

20.01.2013


Nenhum comentário: